Comandos Git sem complicação

O objetivo deste post é descrever de forma fácil como utilizar alguns dos principais comandos do Git que é uma ferramenta muito poderosa projetada para lidar com tudo, desde projetos pequenos a muito grandes com velocidade e eficiência.

Principais comandos Git:















Atenção: Boas práticas

  • Sempre atualizar a branch antes de solicitar o merge request;
  • Marcar a opção de squash para branch com mais de um commit;
  • Adicionar label das versões que devem ser efetuado o cherry-pick;
  • Identificar bugs antes do código entrar na versão;
  • Membros da equipe “Revisor” conhecerem melhor o projeto que estão revisando;
  • Membros
Continue lendo...

Obter apis Sankhya

Removido api_sankhya e api_outros da trunk/master

As bibliotecas api_sankhya e api_outros foram removidas da trunk/master

O objetivo é reduzir o tamanho do repositório: https://git.sankhya.com.br/plataforma-w/sankhyaw, hospedando somente o que é realmente necessário

Paliativamente criamos um projeto de apis: https://git.sankhya.com.br/plataforma-w/apis/-/blob/master/README.md que visa atender as dependências para build dos projeto na máquina dos desenvolvedores.

O objetivo final é resolver todas as dependências de todos os projetos via maven

Continue lendo...

Corrigir mensagens para push no gitlab

Ao utilizar o gitlab para o desenvolvimento temos que seguir um padrão de mensagem de commit, sendo ele OS: 123456 comentário, que é o mesmo que já tínhamos no SVN, porém no git podemos efetuar vários commits e posteriormente realizar o push, ou seja, enviar o que foi commitado para o servidor. Com isso podemos acabar caindo na seguinte situação

Veja que na imagem acima o primeiro e o ultimo commit estão com a mensagem correta, porém o commit intermediário não está. isso causará

Continue lendo...

Jboss – Básico ao Deploy

O que é o Jboss

Jboss é um servidor de aplicações que utiliza o Java como runtime, responsável por executar e gerenciar aplicações implantadas, sendo possível instalar diferentes aplicações e assim controlá-las cada uma em sua individualidade. Importante entender que o Jboss surgiu no contexto do JavaEE e assim para tanto permite o deploy de aplicativos organizados em .ear (enterprise archive), as quais possuem as diversas aplicações e soluções empresariais, descompactando os .jar´s e .war´s.

Primeiros passos

Diariamente

Continue lendo...

Jornada do desenvolvedor (Gitlab)

Migração projetos hospedados no SVN para o Gitlab.

Concluimos a migração dos fontes do SVN fontes do Gitlab.

Dessa maneira a migração torna-se mais intuitiva prática e objetiva, pois, os projetos do SVN serão copiados e bloqueado os commits, implantados no Gitlab, óbvio que tarefas de compilação necessitam ser ajustadas.

Nesse post demonstraremos como será a jornada do desenvolvemos durante a migração de projetos

Projetos hospedados no Gitlab

Estão sendo migrados pontualmente projetos do SVN para a Gitlab; Projeto existe no SVN logo não existe no Gitlab e vice-versa; A medida que ocorre a migração os projetos são removidos do SVN e implantados no Gitlab.

Exemplo:

Neste exemplo sendo exibidos projetos no Gitlab que foram removidos do SVN.

Branches protected Gitlab

As branches (versões fechadas) estão protegidas, isso significa que você não pode dar um push direto nessas branches; Caso a branch esteja protegida você deve enviar um merge request que deverá ser aprovado pelo squad lead ou revisor de código;

Criando branch no Gitlab

Você cria branche no próprio Gitlab de forma fácil e prática

Clonando projeto utilizando eclipse

Você pode utilizar o eclipse para clonar atraves do Gitlab.


Continue lendo...

Java Agent File Leak Detector

Java Agent é um recurso da plataforma Java que permite você instrumentar a JVM num baixo nível lidando o comportamento das classes dentro da VM, este assunto por si só merece um post. O File Leak Detector é a uma implementação de um Java Agent que exibe os arquivos abertos pela JVM, possui uma simples configuração, basta você baixar o jar no site e incluir o seguinte argumento de inicialização (clique aqui para saber mais sobre argumentos de inicialização):

Continue lendo...

Markdown e UX

Markdown (MD) é uma linguagem de marcação bem mais simples do que HTML e utilizada até mesmo em alguns aplicativos de chat como, por exemplo, Slack, Hangout Chat e até mesmo o WhatsApp. O Google Docs e até o WordPress também tem suporte, inclusive este post eu fui escrevendo no Google Docs e depois colei no WordPress e desde o início está formatado com MarkDown.

Clique aqui para ver a documentação completa do Markdown

A parte legal

Um dos pontos mais legais é o suporte ao Mermaid, uma sintaxe muito simples que permite de maneira dedutiva

Continue lendo...

Imagem oracle para desenvolvedores

DockerFile Oracle XE 11g

Cria uma imagem Docker contendo o Oracle XE 11g otimizado com scripts customizados para configurar o banco e importar uma base de dados na primeira execução do container.

NOTA IMPORTANTE

Caso queira apenas criar um container com uma imagem pronta (DESJAVA), sem passar pelo processo de gerar a imagem em si, acesse o repositório container-oracle-xe-11g.

Gerando uma imagem

Baixe o projeto

Execute o comando git clone https://git.sankhya.com.br/ferramentas/devops/imagens/docker-oracle-xe-11g.git para baixar o projeto em sua máquina.

Instalador

Baixe o Oracle XE 11g .zip e coloque o arquivo dentro da pasta raiz do projeto docker-oracle-xe-11g.

Backup da base

Coloque o arquivo de dump da sua base, exemplo MINHA_BASE_21-03-2020-16.23.tar.gz, dentro da pasta raiz do projeto docker-oracle-xe-11g.

Dockerfile

Execute o comando abaixo para gerar a imagem. Fique atento aos argumentos necessários para importação da base, são eles:

ORACLE_DUMP_FILE    # Nome do arquivo de dump da base a ser importada
ORACLE_DUMP_SCHEMA  # Nome do esquema utilizado pela base de origem (normalmente o nome do usuário)
ORACLE_DUMP_FROM    # Nome do tablespace utilizado pela base de origem (desnecessário quando for Sankhya)

Exemplo de utilização do comando

$ docker build --force-rm=true --no-cache=true --shm-size=1G --build-arg ORACLE_DUMP_FILE=MINHA_BASE_21-03-2020-16.23.tar.gz --build-arg ORACLE_DUMP_SCHEMA=MINHA_BASE --build-arg ORACLE_DUMP_FROM=JIVA -t oracle-xe-11:latest

Continue lendo...

Bibliotecas Flex movidas para o GitLab

Foram movidos para o gitlab e obviamente removidos do Sankhya-Om os 7 projetos de bibliotecas flex da versão. A saber:

  • sanutil-fx
  • google-fx
  • controls
  • sandb-fx
  • extensoes-fx
  • dashboard-fx
  • commons-fx.

Esses projetos eram “buildados” a cada compilação, mesmo se não houvesse modificação de nenhum fonte. Agora a compilação ocorre somente quando são commitados na master no gitlab, resultando numa menor carga de processamento do servidor de compilação não só da versão como de todas as branches decorrentes desta. Ocorre também

Continue lendo...